Segunda-Feira, 9 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< 'Bandeira do Divino' representou Votorantim no XV Revelando São Paulo

Publicada em 28/09/2011 às 18:47
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Alegria dos representantes da Bandeira do Divino de Votorantim: Folia vai virar patrimônio histórico imaterial (Foto: Secom/PMV)
Com apoio da Secretaria de Cultura da Prefeitura local, o grupo de manifestação popular da Bandeira do Divino representou Votorantim no XV Revelando São Paulo. Essa manifestação que vem se reorganizando há cerca de 10 anos levou para o evento 72 participantes divididos em dois ônibus. A "Folia do Divino" faz parte, aliás, da cultura popular do Estado de São Paulo.

O grupo foi de ônibus até o Parque da Juventude, no bairro do Carandiru, em São Paulo, onde se encontraram com caminheiros de diversos lugares e juntos seguiram em cortejo até o Parque do Trote, na Vila Guilherme, acompanhados de carros de bois, charretes e charolas (carros de bois enfeitados com flores que levam imagens sacras), além do Congado Paulista.

Este é o oitavo ano que Votorantim tem representatividade com a Bandeira do Divino no Revelando. "Este ano tivemos um maior número de participantes", comemora dona Maria Pedroso, que esteve à frente do grupo. "Fomos muito bem acolhidos no evento. Mostramos a nossa fé e aquilo em que acreditamos", completa ela emocionada, pois durante a cerimônia transreligiosa pela paz conseguiu, inclusive, entregar a `medalhinha do Divino' ao governador Geraldo Alckmin.

Uma notícia que deixou o grupo bastante entusiasmado foi também o anúncio do governador de que a Folia do Divino irá virar patrimônio histórico. "Essa notícia é muito importante, pois assim a gente sabe que não vai acabar. Vai ficar para as gerações futuras", declara dona Maria.

Começa a reforma em mais duas unidades escolares

A Prefeitura de Votorantim inicia, nos próximos dias, os serviços de reforma em mais duas unidades escolares. As empresas que realizarão as obras já estão contratadas por meio de licitação. Os trabalhos serão na Escola Municipal de Educação Infantil "Raphaela Résio Cau", na Vila Garcia, onde haverá ampliação de salas, e no Centro Municipal de Ensino Infantil "Olímpia Pozza Beber", no Conjunto Habitacional "Mário Augusto Ribeiro".

O prefeito Carlos Augusto Pivetta explica que a meta de sua Administraçäo é adequar todos os prédios escolares do Município, com o intuito de oferecer mais comodidade e conforto aos alunos e, com isso, maior qualidade no ensino. Ele lembra ainda que, além dessas unidades, estão em andamento a construção de um novo prédio para a Escola "Maria do Rosário Arcuri de Oliveira Campos", no Jardim Serrano II; uma nova escola em área anexa à Escola "Izabel Ferreira Coelho", no bairro do Rio Acima; ampliação da Escola "Dides Crispim de Almeida Antônio", na Vila Garcia, e serviços de pintura na "Patrícia Maria dos Santos", além da construção de uma creche no Jardim São Lucas.

Pivetta lembra ainda que, desde 2009, já foram entregues quatro creches e uma escola no Parque Jataí II, além de reformas e ampliação de outras unidades, resultando em mais de 25 novas salas de aulas construídas. A reforma da EMEI Raphaela Résio Cau contará com construção de sala para dispensa, sanitários, fechamento do pátio com elemento vazado, remanejamento para criação de salas multimeios e biblioteca, além de entrada independente para pais e professores. Também haverá adequação do espaço administrativo (salas de secretaria, diretoria, professores e banheiros) substituição dos alambrados e do piso vinílico existente por piso cerâmico e ainda reparo no telhado e pintura geral do prédio. A unidade escolar também terá rampas de acesso, promovendo a acessibilidade. Já a "Olímpia Pozza Beber" terá a reforma nos banheiros do berçário e maternais, reformulação na área administrativa, ampliação do pátio coberto, substituição dos alambrados, pisos, azulejos e telhas e pintura na parte interna e externa do prédio. 


ITAPETININGA
Novas escolas garantirão mais de 1.800 
vagas na Rede Municipal de Ensino

Investir em Educação é garantir que toda a população, seja ela de baixa renda ou não, tenha acesso a ensino de qualidade. Em Itapetininga, há sete anos a Prefeitura trabalha para levar a todos os bairros e distritos do Município uma escola que atenda a crianças do Ensino Infantil ao Fundamental, fazendo com que elas tenham acesso à educação semelhante ou superior à ministrada nas unidades privadas.

Desde o ano de 2005, a Prefeitura de Itapetininga construiu 12 novas unidades escolares, o que resultou num aumento de 1.175 vagas no Ensino Infantil e 2.191 no Fundamental. Para o prefeito Roberto Ramalho, a meta de sua Administração é levar ensino de qualidade a todas as regiões do Município, suprindo, assim, a busca por vagas nas escolas municipais. Ainda segundo o chefe do Executivo, os investimentos realizados na Educação são prioridade, visto que a partir da oferta de uma educação de qualidade se consegue construir um futuro melhor.

Somente nos próximos meses, a Prefeitura de Itapetininga deve entregar mais quatro novas escolas, que irão gerar mais de 1.800 vagas na Rede Municipal de Educação, atendendo à real demanda por vagas em bairros considerados numerosos e que necessitavam receber investimentos na área da Educação. A Creche/Emei que a Prefeitura de Itapetininga está construindo no Jardim Mesquita, por exemplo, terá capacidade para atender inicialmente a 228 crianças, dos três meses aos 5 anos de idade, que residem nos bairros próximos à nova unidade. Apesar do número considerável de crianças que o projeto inicialmente atenderá, esse não será o único diferencial da Creche/Emei do Jardim Mesquita. A nova unidade contará com dispositivos como janelas contínuas em toda extensão e portas e visores de vidro temperado que favorecem a entrada da luz natural no prédio; telhas termoacústicas, que auxiliam para que o ambiente tenha temperatura agradável; lâmpadas brancas, que visam economia de energia; pátio com piso intertravado, que favorece a drenagem com infiltração no solo; reutilização da água da chuva para limpeza de áreas externas, sanitários e calçadas e captação de energia solar para o aquecimento do banho dos bebês. Além disso, a unidade também terá amplas salas de aulas, biblioteca, sala de informática, refeitório, pátio, diretoria, sala de professores, secretaria, almoxarifado, cozinha, lavanderia, despensa e zeladoria. Um investimento próximo a R$ 2.700 milhões.

Outro projeto diferenciado é a construção da EMEF Alfredo Maia, um investimento de R$ 3 milhões, que atenderá a 688 alunos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. A unidade, que será modelo padrão para as próximas construções de escola de Ensino Fundamental, contará com 11 amplas salas de aula, sala de informática, refeitório, pátio, diretoria, sala de professores, secretaria, almoxarifado, cozinha, lavanderia, despensa e zeladoria, numa área de 2.448,50 metros quadrados. Além desta unidade também ser edificada com dispositivos que preservam o Meio Ambiente, ela também terá dois pavimentos, que contarão com quadra poliesportiva, sanitários, vestiários, um bloco de informática, auditório e também com um projeto inédito para escolas municipais, que é a implantação de piscina, onde os estudantes terão aulas de natação. Na EMEF Alfredo Maia, serão desenvolvidos diversos programas e atividades extras educativas, aproveitando bem o espaço de 15.400 metros quadrados no qual a escola está sendo edificada. 

Além destas unidades, a Secretaria de Educação está trabalhando na construção da nova Creche/Emei Santa Rita, com capacidade para atender a 228 alunos, num investimento de R$ 2,1 milhões, e também da EMEF Vila Reis, que irá atender inicialmente a 688 alunos, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, num investimento próximo a R$ 3 milhões. 

REFORÇO ESCOLAR - Em Itapetininga, os estudantes têm também, por outro lado, um reforço na hora de estudar. A qualidade do ensino ministrado na Rede Municipal de Ensino é reconhecida em todo o Estado, sendo até referência para muitas cidades da região. Hoje, os mais de 15 mil alunos das unidades municipais têm acesso a recursos apenas encontrados em escolas particulares, como é o caso da lousa digital, dos laboratórios de Informática e das apostilas utilizadas pelos alunos, elaboradas pelo Sistema Objetivo Municipal de Ensino, que atendem aos mais rígidos critérios do Ministério da Educaçäo, além de uma merenda de qualidade elaborada a partir de um cardápio constituído por uma alimentação saudável. 

Outros bairros de Itapetininga que serão atendidos com novas unidades escolares, já em processo de licitação para a construção das Creches/EMEIs (Escolas Municipais de Ensino Infantil), säo o do Cambuí e também a Vila Belo Horizonte. Investimentos estimados em R$ 2.447.660,98. Estas novas unidades também devem ser edificadas nos sistemas chamados ambientalmente corretos, em que se aproveitam a energia solar e as águas da chuva para se autossustentar. Além destas, estão previstas a construção de mais estas unidades escolares: EMEF do Taboãozinho, EMEI da Vila Florestal, EMEI do Jardim Santa Inês, EMEI do São Camilo (Pró-Infância), EMEI do Distrito Tupi (Pró-Infância) e Parque do Conhecimento ( Centro).

Serão ainda ampliadas em breve a EMEI Profª. Maria Munhoz (Central Parque 4L), EMEF Profª. Selma Nely (Vila Bandeirantes) e a EMEF Prof. Dr. José Salem Neto (Vila Arruda). Além disso, está em processo de licitação a construção da quadra poliesportiva e ampliação da EMEF Professora Selma Neli Pranches de Oliveira, localizada na avenida José Lembo, Vila Bandeirantes. Um investimento próximo de R$ 1.446.133,09.

Etec de Itapetininga abre inscrições ao Vestibulinho

Dados divulgados pelo Ceeteps (Centro Estadual de Educação Tecnológica "Paula Souza") mostram que 4 de cada cinco alunos que estudam nas suas Escolas Técnicas conquistam um emprego logo após a conclusão de seu curso. Ainda segundo a pesquisa, o resultado obtido é fruto do reconhecimento do ensino de qualidade, que é ministrado em todas as ETECs instaladas no Estado e também pelo fato das unidades sempre oferecerem cursos que atendam as necessidades do mercado local, possibilitando, assim, que o aluno, ao terminar o ensino técnico, tenha grande possibilidade de conquistar uma vaga de emprego na área em que se capacitou.

Nesta quarta-feira (28), as ETECs de todo o Estado abriram inscrição para o seu Vestibulinho'2012. Em Itapetininga, estão sendo oferecidos cursos em duas unidades diferentes, a Escola Técnica "Prof. Edson Galvão" e também na classe descentralizada localizada no Polo Municipal em Educação à Distância "Chopin Tavares de Lima". Os cursos gratuitos oferecidos na Etec Prof. Edson Galvão são Agroecologia (Período: Tarde - 35 vagas), Agroindústria (Período: Noite - 35 vagas), Agropecuária (Período: Tarde - 70 vagas), Ensino Médio (Período: Manhã - 40 vagas) e Eventos (Período: Noite - 35 vagas). Já na classe descentralizada, os cursos säo de Enfermagem (Período: Manhã - 40 vagas) e de Segurança do Trabalho (Período: Noite - 40 vagas).

As inscrições acontecem até às 15 horas do dia 18 de outubro pelo endereço eletrônico www.vestibulinhoetec.com.br . Os interessados devem realizar o cadastro no site, gerar boleto bancário com a taxa de inscrição de R$ 25,00 e pagá-lo em qualquer agência bancária para efetivar a inscrição. As provas acontecem no dia 20 de novembro, às 13h30, em local a ser definido pela Etec no dia 14 de novembro. Mais informações podem ser obtidas na Etec Prof. Edson Galvão, localizado à Rodovia Gladys Bernardes Minhoto, Km 11 - Capão Alto.



Banda Marcial de Iperó recebe
prêmio de destaque de 2010

A Banmip (Banda Marcial Municipal de Iperó) será homenageada nesta sexta-feira (30) no Plenário Juscelino Kubischek, da Assembleia Legislativa do Estado, em São Paulo, com a Medalha "Radialista Durval de Souza". Esse prêmio será entregue às bandas e fanfarras que mais se destacaram no ano de 2010. 

A Banmip será premiada pelo primeiro lugar na Copa Estadual de Bandas e Fanfarras, conquistado em novembro do ano passado, na grande final, disputada em Iperó, quando diante de 4 mil pessoas os jovens iperoenses venceram no corpo coreográfico e corpo musical. Em 2011, a Banmip continua, aliás, vencendo e encantando o público por onde passa. No Paulistão deste ano, já garantiu sua vaga na grande final, onde em Ipaussu conquistou o também o primeiro lugar no corpo coreográfico, corpo musical e baliza na categoria juvenil. Já na categoria Senior, ficou na primeira colocação no corpo coreográfico e musical e em segundo na baliza. Na categoria Bandas de Percussão, também ficou em 2º lugar.

CURSOS NA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL - A Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Iperó, dentro do seu programa de qualificação profissional, está com inscrições abertas para dois cursos na área de construção civil. Ao todo, estão sendo ofertadas 20 vagas para revitalizador de revestimentos argamassados (período manhã) e revitalizador de estruturas em madeira (período tarde).

As aulas iniciam-se no dia 10 de outubro e serão realizadas no prédio da Estação Ferroviária. Quem mora no bairro de George Oétterer pode procurar o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) para se inscrever. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3266-1198 (Sads) e 3266-7353 (Cras).


CAPÃO BONITO
Avenida José Bloes Mota é preparada para pavimentação

A avenida José Bloés Mota, na Vila Nova Capão Bonito, estará pavimentada dentro de poucos dias. A construtora Obragen trabalhou durante toda a semana na preparação da base da avenida para receber o asfaltamento. Também foram ampliadas as guias e sarjetas na parte final da via pública, que é uma importante opção de acesso ao bairro, inclusive sendo utilizada por algumas empresas do setor madeireiro.

O prefeito Júlio Fernando chegou a ir a Brasília em maio, para acelerar a liberação da verba nos Ministérios para concluir a obra, que há muitos anos estava sendo reivindicada pelos moradores. Segundo informações da Secretaria Municipal de Planejamento, o convênio tem valor total de R$ 422.454,30.

Moradores acompanham a realização da obra com alívio. "Vamos sair finalmente do barro e da poeira. É uma nova fase para o bairro", afirmam os moradores. Na mesma avenida, a Prefeitura de Capäo Bonito está construindo uma creche de alto padrão. "São obras que já valorizam os imóveis e trarão mais qualidade de vida", ressaltou o prefeito.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar