Terça-Feira, 18 de Junho de 2019

Diário de Sorocaba

buscar

<< Ruas do Centro estão perecendo por falta de manutenção

Publicada em 25/02/2011 às 22:16
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Na rua da Penha, as calçadas começam a ser tomadas pelo mato (Foto: Fernando Rezende)
Andar pelas ruas adjacentes ao Centro de Sorocaba é uma ótima ocasião para quem gosta de praticar algum tipo inusitado de aventuras, tais como: driblar contêineres em lugares inadequados, desviar de crateras no piso das calçadas e no asfalto, disputar espaço com placas comerciais, pular obstáculos, e muito mais.

É verdade que a Prefeitura de Sorocaba está investindo na troca dos antigos pisos em porcelanato, que propiciavam quedas de pessoas em toda a área central da cidade. O novo piso deverá agradar ainda mais a população, além da nova aparência das praças do Centro. No entanto, todo esse investimento não está chegando a ruas da região central que não ficam tão à vista. São ruas que estão perecendo por falta de manutenção e limpeza.

A rua Dr. Ubaldino do Amaral, Santa Clara, Brigadeiro Tobias, Penha, etc. são algumas das vias que estão perdendo espaço para as crateras, os contêineres avariados e sujos e o mato, que cresce a cada dia. A costureira Magda Santos é uma das pessoas que está ansiosa para o término das obras na área central da cidade, mas ela também espera que a Prefeitura dê mais atenção às vias por onde a movimentação não é tão intensa. “Acredito que o Centro vai ficar maravilhoso, mas isso é tapar o sol com a peneira. Algumas ruas estão abandonadas e também precisam passar por uma reforma.”

Magda reside na Vila Haro e trabalha na rua Dr. Ubaldino do Amaral, no Centro. Diariamente ela desce do ônibus no ponto da praça Dr. Artur Fajardo (Largo do Canhão) e segue pela rua Brigadeiro Tobias até chegar ao seu destino. “Todos os dias faço esse trajeto e só vejo o mato crescer nas calçadas. Está parecendo com aqueles bairros mais afastados onde o mato toma até as ruas.”

Andando um pouco mais pela região central é possível encontrar ruas por onde passam muitas pessoas todos os dias, mas isso não impede que o mato cresça nas calçadas. Na rua da Penha o trânsito de veículos e pessoas é grande, mas a falta de manutenção e limpeza está fazendo com que consumidores também sintam a necessidade de mais atenção por parte do poder público. “É muito ruim passar pela calçada que está com mato, que pode até esconder algum inseto venenoso. A Prefeitura está investindo bastante na reforma das ruas e praças, mas não pode se esquecer de que a cidade tem outros pontos precisando de atenção”, apontou a professora Cristina Vieira Saulo.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar