Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Procura por chocolate deve crescer 15% nesta Páscoa

Publicada em 19/02/2011 às 20:11
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Para atender à demanda, fábrica de bombons deve aumentar quadro de funcionários em 50% (Foto: Fernando Rezende)
Faltando ainda dois meses para a Páscoa, o mercado de chocolate começa a contemplar os clientes e contratar funcionários para atender à demanda que deve crescer 15% a 30% em faturamento, em comparação com o do ano passado.

Alguns comerciantes acreditam que a procura dos consumidores por chocolate ainda está tímida, mas acreditam que isso se dá pelo fato de o Carnaval ser mais tarde neste ano (8 de março). “O ano inicia mesmo depois do Carnaval, não tem jeito”, opina a gerente financeira de uma fábrica de bombons, Ana Andreoli.

O chocolate é produto perecível, por isso a procura deve começar uma semana após o Carnaval e a produção deve acelerar dez dias antes da Páscoa, celebrada em 24 de abril. E para atender à demanda de consumidores, os empresários já estão contratando novos funcionários.

Uma fábrica de bombons localizada em Votorantim espera aumentar o quadro de funcionários em aproximadamente 50%. As contratações devem iniciar-se a partir de 10 de março, devido às comemorações carnavalescas.

Os hipermercados devem começar a comercialização de ovos de chocolate já a partir da próxima semana. Para atrair os consumidores, haverá ovos em versão mini, de 40 e 80 gramas, com preços de R$ 1,99 e R$ 3,99, respectivamente.

Uma das redes de hipermercados, que tem unidades no bairro Santa Rosália e no Parque Campolim, explica que, neste primeiro momento, as gôndolas serão abastecidas com apenas 5% dos ovos pequenos encomendados para a data. Os demais ovos de Páscoa chegam no início de março. Ao todo, são 30 opções de ovos, que prometem agradar a todos os bolsos e gostos.   
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar