Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Roberto Carlos quer "atropelar" o Tolima

Publicada em 24/01/2011 às 20:57
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

RC: "Se eles quiserem, podem colocar um ônibus dentro do gol" (Foto: Pedro Henrique Negrão)
O empate por 1 a 1 com o Noroeste, no domingo, não tirou a empolgação do lateral esquerdo Roberto Carlos para o início da disputa por uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores da América. O veterano incitou seus companheiros às vésperas do jogo contra o colombiano Tolima.

"Eles até podem vir fechados para o Pacaembu, mas temos que atropelar. Vamos fazer um grande jogo. Se eles quiserem, podem colocar um ônibus dentro do gol. Ainda assim, precisamos arrebentar", disse.

A preocupação do lateral esquerdo com a provável postura defensiva do Tolima se deve às dificuldades que o Corinthians encontrou diante do Noroeste. A equipe de Bauru atuou recuada e conseguiu anular a maioria das investidas corintianas. O atacante Ronaldo chegou a pedir paciência para os seus companheiros após a partida.

Para Roberto Carlos, as adversidades serão ainda maiores contra o Tolima. "Na Libertadores, a pressão dos times é maior. Não dá tempo de pensar muito com a bola nos pés. Se quisermos avançar na competição, precisamos nos acostumar a essa situação", disse.

Mas o lateral esquerdo não se ilude. Ele sabe que o Corinthians deverá se esforçar bastante para conseguir "atropelar" e "arrebentar" em 2011. "O único time do mundo que joga bonito, hoje, é o Barcelona. O restante está nivelado. No Corinthians, encontraremos muitas dificuldades até o final do ano", disse.
 
Alessandro promete "vontade" na partida

Alessandro costuma ser chamado de "Guerreiro" por seus companheiros de Corinthians. E amanhã, ele pretende fazer jus ao apelido. O lateral está escalado para substituir o machucado Moacir na partida contra o Tolima, pela pré-Libertadores, mesmo com o pouco tempo que teve para se preparar.

No início do ano, Alessandro não participou da pré-temporada do Corinthians em Itu, interior de São Paulo, porque estava com catapora. "Tive que acelerar os treinos físicos nos últimos dias para recuperar a forma. Ainda estou um pouco abaixo do elenco, pois não disputei nenhum jogo. Faltam muitas coisas para mim, mas a vontade será a mesma de sempre. Isso me ajuda a superar qualquer obstáculo", disse.

O atleta espera até que a sua disposição sirva de exemplo para o restante do time, depois dos empates por 1 a 1 nas duas últimas rodadas do Campeonato Paulista, contra Bragantino e Noroeste. "É claro que não esperávamos esses resultados, mas vamos procurar corrigir os erros de início de temporada. Na quarta-feira (amanhã), todo mundo precisa se superar", avisou. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar