Domingo, 5 de Julho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Dilma anuncia mais sete ministros; Alexandre Padilha vai para Saúde

Publicada em 20/12/2010 às 21:47
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Orlando Silva (PC do B) permanecerá à frente do Ministério do Esporte
A presidente eleita, Dilma Rousseff, anunciou ontem a indicação de sete novos ministros. Na Saúde, foi confirmado o médico infectologista Alexandre Padilha, que atualmente ocupa a Secretaria das Relações Institucionais. Já a artista Ana de Hollanda, irmã do compositor Chico Buarque, foi indicada para comandar o Ministério da Cultura.

De acordo com nota da assessoria de Dilma, Orlando Silva (PC do B) permanecerá à frente do Ministério do Esporte. Outras duas mulheres foram anunciadas ontem, a socióloga Luiza Bairros para a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial; e Tereza Campelo, economista e mulher do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, para o Ministério do Desenvolvimento Social. Para o Ministério das Cidades, o indicado é Mário Negromonte.

A nota também confirma a permanência no cargo do atual advogado-geral da União, Luís Inácio Lucena Adams. "A presidenta eleita orientou-os a trabalhar de forma integrada com os demais ministérios para dar cumprimento a seu programa de desenvolvimento com distribuição de renda, de forma a promover os avanços que vão assegurar a melhoria de vida de todos os brasileiros", diz. Com os anúncios, Dilma apresenta 30 integrantes do seu primeiro escalão.

A petista ainda precisa confirmar os ministros da CGU (Controladoria-Geral da União), Integração Nacional, Portos, GSI (Gabinete de Segurança Institucional), Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e a Secretaria de Relações Institucionais e Desenvolvimento Agrário. A expectativa é de que a conclusão do ministério ocorra amanhã.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar