Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Rapaz é executado no estacionamento do Extra Campolim

Publicada em 08/12/2010 às 00:37
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O assassino teria entrado a pé duas vezes para se certificar quem era a vítima (Foto: Jota Abreu)
O estacionamento do hipermercado Extra no Parque Campolim foi cenário de um homicídio às 20 horas de ontem. Charles Christines Gonçalves Martins, 27 anos, era funcionário de uma oficina automotiva dentro do estacionamento do hipermercado e foi morto com tiros que o atingiram no peito e na cabeça. 

De acordo com as primeiras descrições do crime testemunhado por colegas de trabalho da vítima, o assassino é um homem branco e de cavanhaque que, a princípio, entrou no local querendo saber se Charles estava no horário do jantar. Pouco mais tarde ele voltou, desta vez com o rosto coberto por um capacete, abordou a vítima segurando em seu braço e levando para um pouco distante da loja, onde executou o rapaz com cerca de dez tiros. O homem fugiu a pé pela saída dos carros na rua Horácio Mesquita de Camargo, onde teria utilizado uma motocicleta Twister de cor preta. Ainda não se sabe se havia uma outra pessoa colaborando com o crime. Um morador do prédio vizinho ao estabelecimento pode também servir como testemunha.

Uma câmera de segurança instalada na oficina onde Charles trabalhava há oito meses registrou o homicídio. O delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), José Humberto Urban Filho, analisou previamente as imagens e afirmou não haver possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo ele, o criminoso não afastou a vítima por receio da câmera, mas para facilitar sua fuga. Os outros funcionários da oficina ficaram em estado de choque, pois alguns presenciaram o crime.

A administração do hipermercado fechou os portões para entrada de pessoas a fim de evitar tumulto. Consumidores que faziam compras no momento do assassinato prosseguiram a atividade de forma tranquila já que os tiros foram disparados na parte externa. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar