Sexta-Feira, 5 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Assalto em joalheria de shopping termina com perseguição e prisão

Publicada em 01/12/2010 às 22:17
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O helicóptero Águia da PM ajudou a rastrear a bandidagem na mata do rio Sorocaba
A polícia mobilizou grande efetivo na cidade de Sorocaba para prender assaltantes que roubaram uma joalheria do shopping center situado na avenida Dr. Afonso Vergueiro ontem à tarde. Usando quatro carros roubados, o bando armado invadiu a joalheria e subtraiu grande quantidade de joias, fugindo em seguida. Houve tiroteio, mas ninguém saiu ferido. Foram quase R$ 100 mil em joias levadas.

Foram presas seis pessoas da quadrilha que a polícia acredita ser de aproximadamente dez. Luana Aparecida Matos, 21 anos, Ivan Aparecido da Silva, de 34, Jeferson Pereira dos Santos, de 25, Henrique Assis, de 21, César Gudes da Silva, de 19, e Elisandro Silva, de 24. Estes dois últimos são de Praia Grande, e o restante é da capital. A polícia suspeita de que eles sejam membros de uma quadrilha especializada em furtos e assaltos em joalherias.

A polícia foi acionada depois que um PM à paisana presenciou a cena no shopping – um dos bandidos ficou na porta da joalheria, enquanto outros três renderam funcionários e clientes. Cerca de 20 viaturas da Polícia Militar e da Civil foram mobilizadas para perseguir os bandidos – o helicóptero Águia da PM de Sorocaba também participou da ação. O tenente Rogério Lima, da Força Tática da PM, esteve no comando da operação.

Os bandidos estavam em quatro carros roubados – um Citroën, um Astra, um Peugeot e um Corsa – e fugiram em alta velocidade. As joias estavam dentro de sacolas. Na fuga, já na rua Esperança, Jardim Santa Fé, perto da rodovia Raposo Tavares, o bando colidiu o Citroën com um poste. Um dos ocupantes desceu atirando em direção da viatura; um deles foi preso a partir daí e outros conseguiram momentaneamente escapar, mas também foram detidos em seguida na mesma região.  

Jeferson foi um dos últimos a ser preso; ele se escondia em um matagal perto do rio Sorocaba, mas o helicóptero Águia conseguiu visualizá-lo e oficiais da Rocam o detiveram. As joias foram recuperadas e duas pistolas .380 foram apreendidas. O caso seguiu para a delegacia do plantão policial sul, onde a quadrilha foi indiciada.

O último ataque contra joalherias em Sorocaba foi dia 13 de novembro, quando uma quadrilha internacional de ladrões agiu na cidade. Esses criminosos foram presos pela polícia no dia 24 de novembro.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar