Sexta-Feira, 5 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< População recebe orientações de prevenção à Aids

Publicada em 01/12/2010 às 22:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O laço foi colocado na Usina Cultural por ser ponto estratégico para atrair a atenção das pessoas (Foto: Pedro Henrique Negrão)
No Dia Mundial de Combate à Aids, 1º de dezembro, diversas campanhas em prol ao diagnóstico e prevenção da doença foram realizadas na cidade. A população recebeu informações por meio de folhetos, orientações de especialistas e peças teatrais. 

Integrantes da ONG Lar Emanuel, que assiste pessoas portadoras do vírus HIV, estiveram durante todo o dia no saguão do hipermercado Extra, onde entregaram mais de quatro mil contraceptivos e ainda folhetos com informações sobre os locais que oferecem o teste gratuito de Aids. De acordo com José Antônio Inácio Vieira, presidente da instituição, a população demonstrou interesse pelas informações. “Além dos preservativos que saíram bastante, os folhetos informativos também foram bem requisitados pelas pessoas”, disse Vieira.

No prédio da Usina Cultural um enorme laço vermelho foi colocado para atrair a atenção das pessoas, já que este é o símbolo da luta contra a Aids. Também durante todo o dia de ontem a praça Coronel Fernando Prestes foi o ponto de encontro para tirar dúvidas sobre a doença e realizar testes. O Ônibus da Saúde da Mulher e o da Saúde do Homem, por meio de seus especialistas, forneciam explicações sobre as formas de adquirir e prevenir a doença. 

FIQUE SABENDO - Em conjunto com as campanhas, a Prefeitura Municipal finalizou ontem a Campanha Fique Sabendo 2010, que procurou incentivar, desde o último dia 16, pessoas a fazerem o teste de HIV. De acordo com dados do Município, a campanha promovida pelo Programa Municipal de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/Aids) fez 671 exames locais, cujos resultados serão divulgados assim que forem contabilizados os testes de ontem. Em 2009, o Programa Municipal realizou mais de 13 mil exames de HIV na cidade.

Para interagir com as pessoas que passavam pela praça central, mas não chegavam aos Ônibus, o Laboratório de Teatro Garapa, em parceria com o Sesc Sorocaba, fez duas apresentações ao público com a peça “Hoje tem Visita”. O espetáculo foi feito pela Dona Flor e Seu Chuchu, que davam orientações, ressaltando os cuidados que todos devem ter nas relações sexuais.

Conforme Marina Reis, integrante do Laboratório, é comum o grupo trabalhar com temas sobre saúde e meio ambiente em suas peças teatrais. A mesma interação ocorre em época de Carnaval e nos bailes da Terceira Idade, promovidos pelo Sesc Sorocaba. A peça, que teve duração de quase uma hora, abordou pedestres de todas as idades. 

Além das campanhas desenvolvidas pela ONG Lar Emanuel e pela Prefeitura Municipal no Centro da cidade, 30 Centros de Saúde atenderam das 7 às 16h30 para fazer testes, assim como o Centro de Orientação e Aconselhamento de Sorocaba (Coas), que ampliou o período de atendimento até as 20 horas para que o maior número de pessoas passasse pelo teste de HIV.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar