Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Acidente com balões mata três e deixa 16 feridos em Boituva A Confederação Brasileira de Balonismo confirmou que este foi o primeiro acidente de balão com vítima fatal no Brasil

Publicada em 30/10/2010 às 18:53
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Luiz Carlos Paes Vieira/Folha de Boituva

 

Um acidente envolvendo três balões matou três pessoas ontem de manhã, deixando feridas mais 16 pessoas que ocupavam os três balões. As vítimas fatais são o piloto Antonio Carlos Giusti, Daniela Gonçalves e Franklin Fiarolo. Várias das vítimas sofreram ferimentos graves e precisaram ser socorridas para hospitais da região, como Itu e Sorocaba.

O acidente ocorreu na cidade de Boituva, e as informações são do Corpo de Bombeiros da cidade. Cinco balões saíram do Centro Nacional de Paraquedismo por volta das 8 horas da manhã. O tempo virou e ficou muito ruim, com ventos e chuva forte.

Dois dos balões conseguiram abortar a subida e se safaram, mas três outros teriam pegado uma rajada de vento e a tragédia aconteceu. Segundo declaração do presidente da Confederação Brasileira de Balonismo, Edson Romagnoli, este é o primeiro acidente de balão com vítima fatal no Brasil.

Um deles fez pouso forçado com três pessoas a bordo e ninguém se feriu. Era pilotado pelo balonista Johnny Alvarez, que confirmou que a causa do acidente foi o vento forte. O segundo balão caiu em um canavial e o outro, no quintal de uma casa no condomínio Vitasay, deixando 16 passageiros feridos e três mortos. Pessoas de várias idades estão entre os feridos, inclusive crianças.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Boituva, três feridos, André Macedo, Ana Carolina e Enzo (pai, mãe e filho) foram levados para o Hospital Samaritano de Sorocaba, realizaram avaliação ortopédica e receberam alta por volta das 17h. Uma criança de seis anos estava em estado grave. Fabiana, Alessandro, Claudio Vitorino e Mário Cesar foram levados para o Hospital Regional de Sorocaba onde fizeram exames e em seguida liberados. Maria do Carmo Santos estava gravemente ferida, foi encaminhada para o Sanatorinho de Itu e posteriormente transferida para um outro hospital em São Paulo. Cinco outros feridos ficaram no próprio hospital de Boituva. Duas mulheres também foram atendidas na cidade, e logo tiveram alta.

 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar