Sábado, 7 de Dezembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Mãe do chefão do tráfico em Itu é presa

Publicada em 28/09/2010 às 23:41
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A costureira Maria Benedita, mãe de Itamar, cuidava da parte financeira do tráfico em Itu
Uma operação policial da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes – Dise de Sorocaba prendeu na tarde de segunda-feira mais três pessoas envolvidas com o crime organizado que coordena o tráfico de drogas na cidade de Itu.

A costureira Maria Benedita Pereira de Freita, 65 anos, com antecedentes criminais por tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico, foi presa no bairro Cidade Nova Itu; a idosa tinha a função de financeira da quadrilha. Ela é mãe de Itamar Barbosa de Freitas, preso no último dia 13, em Itu, pela Dise, junto com outros integrantes do PCC. Itamar era um “geral”, o chefão maior da facção na região.

Outros presos foram o pintor Valdecir Rodrigues da Cunha, 32 anos, vulgo "Xitão", com antecedentes criminais pelos crimes de porte de entorpecente, tráfico e homicídio. Ele foi detido no bairro São Judas Tadeu, e trabalhava em um ponto de venda de drogas da quadrilha. Cristian José Pereira Pinto, de 31, também foi preso. Vulgo “Kiko”, ele alegou ser decorador de gesso, e já possui antecedentes criminais pelos crimes de tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico. Foi preso no bairro Alto de São José, e trabalhava para Itamar em um dos pontos de venda de droga da quadrilha.

O trio foi preso por força de mandado de prisão preventiva pelo crime de associação ao tráfico na sua forma qualificada expedido pela 1ª Vara Criminal de Itu. A operação que prendeu os bandidos teve ajuda de policiais da Delegacia de Investigações Gerais – DIG de Sorocaba e da Guarda Municipal de Itu. Itamar era o chefão do PCC na cidade, e sua prisão é considerada um duro golpe no crime organizado.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar