Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Cartórios finalizam lacres em urnas eletrônicas

Publicada em 27/09/2010 às 20:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O lacre foi aplicado em compartimentos que permitem o manuseio das máquinas (Foto: Pedro Henrique Negrão)

O processo de lacração e auditoria das urnas eletrônicas, que serão utilizadas no próximo dia 3 para votação em Sorocaba, foi finalizado ontem quando a 343ª zona eleitoral fechou as averiguações das suas 222 urnas. No domingo, 98 urnas eleitorais foram lacradas e ontem, 124. No final da semana, as urnas de todos os cartórios serão encaminhadas às escolas onde estão situadas as respectivas seções de votação.

O chefe do cartório 343, João Lima, disse que o processo iniciado no domingo foi finalizado ontem devido à quantidade de urnas e a forma como o processo é realizado. Ele explicou que depois da instalação de um software na urna, ela pede algumas averiguações manuais como teste da tela, do teclado do eleitor, do alto falante, do sensor da chave elétrica, do teclado do mesário, da impressora e da bateria, que dura até doze horas caso falte energia elétrica no dia da eleição.

Já o processo de lacração é feito através da identificação de possíveis acessos à base interna da máquina. “Todos os compartimentos que permitem o manuseio da urna é lacrado”, informou Lima. O pendrive da urna, por exemplo, é onde fica gravado o boletim de todos os votos, por isso é um dos compartimentos que recebe o lacre.

São 1.194 urnas divididas entre os seis cartórios eleitorais de Sorocaba, mas apenas 1.084 serão utilizadas no próximo domingo, o restante ficará como reserva para eventuais problemas.

O processo de lacração e auditoria contou com a participação de juízes, chefes de cartórios e funcionários. De acordo com Lima, a segurança das urnas nas escolas será responsabilidade da Polícia Militar e Guarda Municipal.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar