Sábado, 6 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Garotos de 13, 16 e 17 anos estavam com mais de 20 kg de crack

Publicada em 15/09/2010 às 20:45
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Vários produtos químicos foram apreendidos; são usados para misturar nas drogas e “dar volume”

Quatro menores de idade foram presos pela polícia por tráfico de drogas no Jardim São Conrado, ontem de madrugada. Dois deles de 13 anos, um de 16 e outro de 17 estavam com mais de 20 quilos de crack e materiais de preparo e embalo dos entorpecentes. Denúncias chegaram para a Polícia Militar, e a prisão foi feita. Apenas um dos garotos de 13 anos não possuía passagem pela polícia. O adolescente de 16 já tinha sido detido por tráfico de drogas na semana passada, mas foi liberado.

Segundo dados da PM, uma guarnição, composta pelos soldados Hermínio e Nanias, foi verificar as denúncias recebidas, em um local na rua Ângelo Henrique Doreli, por volta da 1 hora. Eles viram um rapaz de bicicleta em atitudes suspeitas, que, assim que percebeu a aproximação da viatura, fugiu em direção da rua Luiz Ricardo Maffei. Ele gritou para quatro jovens: “Sujou!”, e conseguiu escapar.

Os quatro jovens, que eram os menores infratores, estavam com três frascos com cocaína. O quarteto estava na frente da garagem de uma casa, onde mais 30 frascos com a mesma droga foram apreendidos em uma caixa de luz. A casa pertencia a uma adolescente, que não estava lá. As portas estavam abertas, e os policiais fizeram uma busca pela casa. Em um cômodo, encontraram quatro mochilas debaixo da cama, onde mais de 20 quilos de crack a granel foram apreendidos, bem como diversos produtos químicos e materiais de embalo para entorpecentes.

Mais 40 frascos com cocaína foram achados e uma balança de precisão. Os quatro jovens foram detidos e levados para a delegacia do plantão policial norte, onde foram indiciados por tráfico de drogas. Nenhum deles foi liberado para os pais, e foram deixados aos cuidados da Justiça da Vara da Infância e Juventude.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar