Sexta-Feira, 5 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< “O Dragão” será encenado no final de semana

Publicada em 14/09/2010 às 20:50
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A peça traça a rota do terror no Oriente Médio sob a ótica de israelenses e palestinos (Foto: Divulgação)

Programado para o mês de julho e cancelado por causa do falecimento de parente de uma das atrizes, o espetáculo “O Dragão” chega aos palcos nesta semana, promovido pelo Sesc Sorocaba com o apoio da Secretaria de Cultura de Votorantim.

As apresentações vão ocorrer, gratuitamente, neste sábado e domingo (18 e 19), às 19 horas, no Teatro Municipal de Votorantim (Av. Newton Vieira Soares, s/n°, Centro). Os ingressos, que serão distribuídos com uma hora de antecedência no local, são limitados a dois por pessoa.
 
“O Dragão”, que estreou em 2008, foi selecionado pelo Programa BR de Cultura 2009/2010 e contemplado pelo Prêmio Funarte Mirian Muniz 2009. O espetáculo traça a rota do terror no Oriente Médio sob a ótica de israelenses e palestinos, a partir de fatos e depoimentos reais. Quatro relatos levados ao palco recriam, numa ficção, acontecimentos verídicos e trazem à tona histórias que se cruzam e derrubam os muros entre judeus e árabes, mostrando que não há inimigos na dor.

O espetáculo revela, assim, a intimidade da violência, falando do ser humano, da dor e dos horrores da guerra. Dividido em quadros independentes, a montagem coloca em primeiro plano a dramaturgia dos atores e traz a música, tocada e cantada ao vivo, como parte integrante do drama. Assim, atores e música interrogam a realidade, quebrando a visão distanciada da guerra, experimentando um encontro proposto pelo teatro, através de um contexto específico que discute questões universais.

A Cia. Amok Teatro, por meio deste espetáculo, propõe ao público um diálogo com questões fundamentais, sem perder de vista a construção de uma forma poética, buscando a linguagem contemporânea.

O GRUPO - Em 1998, após um percurso em diferentes companhias internacionais de teatro, a brasileira Ana Teixeira e o francês Stephane Brodt fundaram a Cia. Amok Teatro, no Rio de Janeiro. Ao longo dos anos, o grupo se destacou pelo processo de pesquisa desenvolvido, resultando em um grande reconhecimento pela crítica e pelo público. Hoje, a sede da Companhia, localizada em Botafogo, na capital carioca, é, além de um espaço de pesquisas e criações, um ambiente para apresentações e laboratório de investigações cênicas, onde treinamento, criação e reflexão são indissociáveis.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar