Sábado, 6 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Tiririca lidera corrida para se eleger por SP

Publicada em 13/09/2010 às 20:28
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Humorista desbancou políticos tradicionais

O humorista Francisco Everardo Oliveira, o Tiririca (PR), lidera as pesquisas semanais do Ibope para a vaga de deputado federal em São Paulo, o maior colégio eleitoral do Brasil. Com o resultado, o dono do jargão “pior que tá num fica, vote Tiririca” desbancou políticos tradicionais, como o favorito Márcio França, presidente do PSB em São Paulo, e Paulo Maluf (PP), ex-prefeito da capital.

A eleição de Tiririca pode representar mais. Por ser dono do maior eleitorado do Brasil, São Paulo deve dar ao palhaço a maior votação do País. Com isso, Tiririca não apenas se elegerá, como também deve trazer com ele outros políticos do PR que não vão conseguir tanto sucesso nas urnas, como os cantores Juca Chaves e Agnaldo Timóteo e o mensaleiro Valdemar Costa Neto, que precisou renunciar ao mandato de deputado federal em agosto de 2005 para não ser cassado.

Além de Tiririca, outros famosos tentam uma vaga no Congresso. É o caso do pagodeiro e candidato ao Senado, Netinho de Paula (PCdoB), que divide a liderança das últimas pesquisas com a candidata Marta Suplicy (PT).

Também concorrem a uma vaga na Câmara por São Paulo a sambista Leci Brandão (PCdoB), o cantor Frank Aguiar (PTB), a apresentadora Simoni (PP) e a dançarina Mulher Pera (PTN).

ADVERSÁRIOS - Preocupados com o sucesso da candidatura de Tiririca, seus adversários diretos vêm partindo para o ataque no horário eleitoral gratuito. O humorista já tem a antipatia do candidato a governador Aloizio Mercadante (PT), que se manifestou contra o discurso que ele costuma fazer em sua propaganda eleitoral, e de Maguila (PTN), outro estreante na política e adversário direto de Tiririca, que acerta um golpe num saco de boxe pintado com sua caricatura enquanto diz ser contra o comediante.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar